Home | Cadastro | Nossos Serviços | Contato | Chat Quarta-feira, 17 de Abril de 2024
Conecte-se     
 Nutrientes
 Doenças
 Tipos de Dieta
 Notícias

Frase
A fama é uma amante incerta.
Wole Soyinka

 » Adiciona Favoritos

IP Address Location

3 usuários online »»» 3 convidados - mais... Lista de Membros 5627 membros

ANEMIA POR FALTA DE ÁCIDO FÓLICO

 

    Esse tipo de anemia é mais encontrado em mulheres grávidas, em bebês nascidos de mães deficientes desta vitamina e alcoólatras. A falta de ácido fólico resulta em um sinal clínico de anemia megaloblástica. Esse estado também é caracterizado pelo número diminuído de eritrócitos, leucócitos e plaquetas.

    A figura clínica comum desta deficiência é a fadiga, dispnéia, língua ferida, diarréia, irritabilidade, esquecimento, anorexia, glossite e perda de peso.

 

Diagnóstico:

 

    Os estoques de folato são esgotados dentro de 2 a 4 meses com uma dieta dificiente nesta vitamina, resultando na anemia macrocítica megaloblástica (célula grande e imatura). Essa anemia é manisfestada por um número muito baixo de folato sérico (menos que 3ng/ml) e de folato de hemáceas - RCF (menor que 140ng/ml). Um nível elevado de de ácido formiminoglutâmico (FIGLU) na urina e teste de supressão de dU diagnóstico nas células da medula óssea ou linfócitos do sangue periférico também são diagnósticos da deficiência de ácido fólico.

 

Tratamento:

 

    Um miligrama de folato tomado via oral diariamente, em 2 a 3 semana, reabastece os seus estoques. Para manter esse estoque são necessários por dia aproximadamente de 50 a 100 microgramas de ácido fólico. Quando a deficiência de folato é mais complicada pelo alcoolismo ou outras condições que suprimem a hematopoiese, aumentam as necessidades ou reduzem a absorção de folato, a terapia deve começar com 500 a 1000 microgramas de folato por dia.

    A melhora sintomática tal como alerta aumentado, cooperação e apetite podem ser aparentes em 24-48 horas, bem depois dos valores hematológicos serem revertidos gradualmente ao normal durante um mês. Após a anemia ser corrigida, o paciente deve ser orientado para consumir vegetais e frutas crus ou tomar sucos de fruta natural todos os dias, pois o folato é facilmente destruído pelo calor.

 

Alimentos fontes de ácido fólico:

 

Fíagado de frango e porco, feijão, suco de laranja, germe de trigo, cereais, verduras verde-escuras (espinafre. brócolis, agrião, etc.)

 

  

Voltar à página inicial


 Nutrição Esportiva
 Nutrição Materna
 Nutrição na:
 Outros
 Links

 Clique Fome



(avançado...)

Os melhores livros sobre nutrição. Visite e compre seus livros
      [ processado em: 2,11 segundos.]  privacidade | licença | © 2001, Dammous.