Família Dammous  
English version English version   Home | Projetos | Artigos | Cadastro | OnLine | Sumário | Contato | Chat Quinta-feira, 13/Dezembro/2018
Conecte-se  /principal :: home :: meteorologia :: informações :: nuvens   
 Música
 Notícias
 Meteorologia
 Genealogia
 Astrologia
 Nutrição

 » Adiciona Favoritos



4 usuários online »»» 4 convidados - mais... Lista de Membros 1541 membros
Nuvens


Foto: © Dane Gerneke

   Nuvens

Nuvens são agregados visíveis de gotículas de água ou cristais de gelo suspensos no ar. Algumas nuvens são formadas somente em altitudes altas, enquanto outras atingem quase o solo. Nuvens produzem fenômenos na atmosfera como chuvas ou neves, trovão ou relâmpago, arco-íris ou halos.

A condensação ocorre quando o vapor de água muda para o estado líquido, resultando em orvalho, nuvens ou nevoeiro. O ar precisa ser saturado para ocorrer condensação. A saturação ocorre, quando o ar resfria para o seu ponto de orvalho ou quando suficiente vapor de água é adicionado no ar. Também é necessário ter uma superfície no qual vapor de água pode condensar. Núcleos de condensação são particulas muito pequenas que fornecem superfícies para condensação. Os núcleos são muito importantes porque sem eles, o desenvolvimento de nuvens necessita de uma umidade relativa a mais de 100 porcento. Os núcleos de condensação incluem partículas microscópicas de poeira, fogo, e particulas de sal que são prevalentes na atmosfera inferior. Consequentemente, a umidade relativa na troposfera raramente excede 100 porcento a mais de um ou dois porcento.

Os núcleos higroscópicos de condensação absorvem água e são mais efetivos na produção de nuvens. Alguns exemplos familiares de partículas higroscópicos são cereais e biscoitos que rapidamente absorvem umidade. Os mais comuns núcleos higroscópicos de condensação incluem cristais miúdos de compostos de sulfato e nitrato. A maioria dos núcleos higroscópicos na atmosfera são produzidos pelas queimadas das florestas e a combustão de veículos. As partículas de sal são introduzidas na atmosfera pelas ondas quebradas dos oceanos. Poeiras ordinárias também podem atuar como núcleos de condensação.

A ascendência do ar é o processo de maior importância no desenvolvimento de nuvens. Uma parcela do ar ascendente atravessa regiões de pressão atmosférica mais baixa. Consequentemente, o ar ascendente expande-se e resfria-se adiabaticamente. A parcela do ar atinge seu ponto de orvalho e torna-se saturado na elevação chamada de nível levantamento de condensação. Se este ar ascende alem deste nível, o resultado é a condensação e a formação de uma nuvem no nível de condensação. Inicialmente, a taxa de crescimento das gotículas da nuvem é rápida, mais diminui em pouco tempo porque o vapor de água disponível é consumido pela competição da grande quantidade de gotículas. O resulto é a formação de uma nuvem com bilhões de gotículas pequeninas de água que permanecem suspensas no ar.


Estabilidade Atmosférica
A atmosfera é instável quando a temperatura do ar decresce rapidamente com altura.


Classificação das Nuvens
Stratus é uma camada de nuvens acinzentada uniforme que frequentemente cobre tudo o céu e produz precipitações leves.


Nuvens Miscelâneas
Nuvens noctilucentes formam-se na mesosfera superior, em altitudes acima de 80 km.


Nevoeiro
Nevoeiro é geralmente considerado um perigo da atmosfera.


Copyright © 2001 - Adaptação - Dammous

 Linux
 Programas
 ASP
 Jogos
 Cartão Postal

Frase
A mente pura é o bem mais precioso.
Ralph Waldo Emerson



(avançado...)

IP Address Location

         [ processado em: 1,41 segundos.]  privacidade | licença | © 2001, Dammous.